Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Guilherme Revitto

Armazenamento de energia na hidrelétrica de Bariri

Usina passa a fazer parte do mapa mundial dessa tecnologia

​A hidrelétrica de Bariri será a primeira usina nacional a ser integrada a um sistema de armazenamento de energia por baterias. O projeto-piloto, com capacidade de estocar 161,4 kW em baterias de íons de lítio, será instalado ainda no início do primeiro semestre de 2018.

No Brasil, a aplicação da tecnologia de armazenamento de energia pode contribuir com a confiabilidade do sistema, integração de fontes renováveis intermitentes, geração de ponta e otimização de investimentos em linhas de transmissão e distribuição.

A AES é líder mundial em armazenamento de energia, com experiência de mais 10 anos nessa frente. No início de 2018, foi concluída a fusão da divisão de Energy Storage da AES com a Siemens, joint venture denominada Fluence, que passou a ser o grande líder de Energy Storage no mundo. No Brasil, a AES Tietê vem realizando diversos estudos e outras iniciativas com o objetivo de manter constante diálogo com entidades do setor elétrico, para apresentar a tecnologia, suas aplicações e benefícios, bem como contribuir para o aprimoramento do modelo regulatório, visando fomentar o crescimento de soluções de armazenamento.